Destaque

Depoimento RTS - Caroline Vendrame

Diga aos Senhores do Karma que você é Soberano! - Parte 2

- by Dhin Akari


Porque eu não me considero mais um trabalhador da luz 

Por Day Cameron, em 21 de novembro, 2013
Fonte: Ascencion Help
Tradução: Reptile

Faz algum tempo desde que eu publiquei um artigo longo, e eu tenho vindo a trabalhar por muitas horas nesta continuação ao artigo de agosto intitulado "Por que eu não sou mais um Trabalhador da Luz". Essa peça gerou uma grande quantidade de respostas positivas, bem como tremenda resistência e desprezo daqueles dentro do Movimento Nova Era que estão investido fortemente nas ilusões da falsa luz. 


Imagem: "Dizer a verdade e ver alguém chorar é melhor do que contar mentiras para fazer alguém sorrir" - Paulo Coelho



Eu sei que muito do que eu revelei nesse artigo foi difícil de aceitar, mas estou empenhado pela verdade, onde quer que ela leve.



Este artigo está feito para seguir de onde o último parou, por isso, se você ainda não leu a primeira parte, por favor, leia-a porque os termos definidos em "Por que eu não sou mais um Trabalhador da Luz" serão usados aqui sem definições. 



Os "Senhores" do Karma


Os Falsos parasitas demiúrgicos conhecidos como “senhores” do karma são possivelmente os piores violadores do livre arbítrio que eu encontrei, perdendo apenas para o corrupto demiurgo propriamente dito. Eles são os guardiões primeiros que permitem ou negam o acesso ao sistema demiúrgico, portando, eles devem ser expostos!



A perversão da lei natural do karma é tão absurda e vasta que eu vou me ater a tratar apenas sobre uma pequena porção dela nesse artigo.



Imagem: Diga aos "Senhores" do Karma que você é soberano e não lhes deve nada.



Pra começar, eles são responsáveis por forçar os seres a reencarnar repetidas vezes, numa clara violação à lei universal.



No “universo livre”, fora do sistema escravista do corrupto demiurgo, o ser é livre para escolher o planeta que vai encarnar.


Quando a vida física de um ser termina (o que pode durar centenas, talvez milhares de anos) ele retorna à fonte infinita para descansar, e depois decide o que quer fazer para continuar a aprender e crescer. Não existe um grupo hierárquico manipulador como os chamados “senhores” do karma.

Como você pode ver pelo meu uso de aspas na palavra "senhores", eu não acho apropriado chamá-los assim. Então, no meu estilo habitual, tenho dado a esses seres um novo nome: O Merdas do Karma.

Eu comecei a chamá-los assim depois de um encontro ocorrido a vários meses atrás, quando eu estava removendo camadas profundas de acordos impostos que eles estavam tentando manter. Em um ponto no processo eu disse: "Vocês são os maiores pedaços de merda que eu já vi. Eu não devo nada a vocês. Vocês devem a cada ser que manipularam. Criaram uma dívida que nunca serão capazes de pagar!" Depois disso, eles desapareceram rapidamente.

É um pouco infantil, mas acho que se encaixa, e espero que você os veja da mesma maneira, de modo que não seja enganado agora, ou mais tarde, quando desencarnar. Mas agora, deixando essa nomenclatura um pouco de lado, vamos expor algumas das artimanhas dos merdas do karma.

A (falsa) revisão da luz

A principal ferramenta que os merdas do karma usam para manipular um ser em aceitar a reencarnação quase infinita é a (falsa) avaliação da luz. Quando o corpo de uma pessoa morre, ele se move para os reinos astrais e começa a se desfazer de sua identidade limitada.

Se fosse permitido que esse processo ocorresse sem interrupção, a verdadeira luz desse ser iria emergir de dentro dele e o mesmo ia se dar conta das camadas de crenças limitantes que gerou naquela encarnação. 

No entanto, nos reinos do sistema do demiurgo corrupto, o que acontece é que os merdas do karma “pegam” o ser justo no momento em que sua luz está prestes a emergir e os distraem com uma outra luz (é por isso que as pessoas que passam pela experiência de quase morte relatam se deparar com um túnel de luz). Essa outra luz distrai o ser da luz que emerge de dentro e o hipnotiza através de uma frequência que reproduz a crença religiosa que o respectivo ser alimentou durante a encarnação.

Os merdas do karma e os demais seres da (mentirosa) hierarquia espiritual tais como os “arcanjos” e “mestres ascensos” estarão presentes durante o processo. Conforme o individuo é envolvido com um sentimento de plenitude e amor universal, os manipuladores dizem que essa luz está entrando nele por meio dos seres de fora da (falsa) luz que estão ao redor dele.

No entanto, esse sentimento de plenitude e amor universal está na verdade emergindo DE DENTRO do ser, e é refletido pra ele pelos merdas do karma e os demais manipuladores da (falsa) luz. O individuo não tem tempo para refletir sobre o que está acontecendo, porque ele é rapidamente “conduzido” à fase de avaliação do processo. É mostrado a ele um pequeno filme de sua vida que foca nas frustrações, nos desapontamentos, desejos não realizados, experiências dolorosas que a pessoa passou durante a vida.

Através desta tendenciosa e manipulada "revisão de vida", o ser passa a se sentir mal com a vida, que é exatamente o que os merdas do karma querem.

Eles falam para a pessoa que mesmo que tenham falhado em muitas coias durante a vida, será, no entanto, dada mais uma chance “para fazer a coisa certa” numa nova encarnação.

O ser se sente honrado e grato por essa chance de redenção e aceita os acordos que os merdas do karma estabelecem para que o mesmo encarne novamente.

Se o ser cresceu dentro da doutrina cristã, ele encontrará “jesus e os anjos” mas será adivertido que esse “não é o seu momento para entrar no reino dos céus.”

Claro, o medo de ser mandado para o inferno é tão grande no seu sistema de crenças que o mesmo irá pular para a chance de reencarnar para ser digno de entrar no reino de deus, que é na verdade o reino do demiurgo.

Depois de concordar em reencarnar, o ser é enviado para um “reino celestial” no meio dos reinos astrais superiores para aguardar a reencarnação. Esses reinos são decorados com simulações de natureza, ambiente paradisíacos e uma equipe de seres “angelicais” que se encarregam de enviar os seres para a Terra na próxima encarnação. Claro que esses anjos são os capatazes parasitas das ovelhas, e não é permitido que o seres vão pra qualquer outro lugar além daquele.

Transferência Kármica

Se o conteúdo da vida de um indivíduo, feridas não curadas e desejos não realizados, não são o suficiente para convencê-lo de que ele precisa reencarnar, ele então é confrontado com um problema ainda mais sério. Os merdas do karma dizem ao ser que ele cometeu coisas horríveis na sua última vida passada, e dizem que  o mesmo precisa encarnar em condições adversas afim de “resgatar” o karma ruim.

Na verdade a vida que os merdas do karma mostram NÃO é a vida do ser, se tratam de atos cometidos por seres alinhados com a hierarquia do mal que fizeram pactos com os mesmos afim de não tomar responsabilidade por suas ações. 

Algumas dessas energias negativas desses seres são então projetadas na pessoa que está sendo induzida a acreditar que já foi um criminoso da pior espécie.

A pessoa então aceita acordos para “desfazer” o “karma ruim” que ela (supostamente) adquiriu, em momento algum percebendo que foi tudo uma mentira projetada para mantê-la subjugada e escravizada. Isso é feito para forçar a pessoa a aceitar encarnar e tomar responsabilidade por crimes que não cometeu, reforçando que a próxima vida da mesma será repleta de desafios e situações horríveis. 

Essa transferência kármica também permite que os magos negros alinhados com a hierarquia do mal evitem as repercursões de suas próprias ações. Essa transferência também é usada em grande escala sobre a população do planeta através de programas massivos de controle da mente e manipulação da mídia. Para explicar isso de maneira detalhada seria preciso elaborar um outro artigo, mas o mecanismo básico sobre como é feito é o seguinte: se tratam de acordos feitos a nível subconsciente reforçados pela mídia, logos de corporações (sigilos), contratos financeiros, a lei e outras “instituições da matrix”.

Acordos coagidos de entrada demiúrgica

Um outro aspecto importante dos acordos que são impostos nas pessoas pelos merdas do karma é o “acordo de entrada” que o ser vindo ao reino do corrupto demiurgo é forçado a fazer afim de ganhar a entrada nesse sistema. Muitos de nós vieram pra cá do que eu chamo de “universo livre” para ajudar a desmantelar o sistema do demiurgo de dentro, e a hierarquia mentirosa impôs uma extensa lista de acordos sobre essas “almas livres” com o objetivo de limitar sua efetividade.

Estes acordos de entrada também contêm cláusulas que permitem que dificuldades não especificadas sejam impostas no ser durante a encarnação, incluindo: nascer numa família ruim, abuso físico, abuso sexual, ataques psíquicos, implantes etéricos, manipulação do sonho, recrutamento para trabalhar na equipe da falsa luz, problemas de relacionamento, problemas de saúde, problemas de dinheiro, abdução física e de implantação, falta de auto-estima e muito mais.

A maioria dos seres livres do universo vieram muitos confiantes que poderiam superar essas limitações e então “assinaram o contrato”. De fato não havia muitas opções, mas alguns de nós negociamos mais agressivamente que outros e fomos menos prejudicados por esses acordos, mas nenhum de nós está aqui “ileso”.

Independentemente de como os acordos estão nos afetando, é importante remover todos eles, a fim de obter clareza para prosseguir com nossas missões de cura e de auxílio em acordar os outros, bem como colocar pra fora a construção demiúrgica que está dentro de nós.

Revogando acordos

Esse é o processo que eu uso e que estou compartilhando com outros para “limpar” os acordos. A hierarquia mentirosa esconde cópias desses acordos em varias camadas, então ser específico é fundamental. Também é importante que você envolva no processo de retomada da sua soberania o seu eu interior (eu superior, divino, supraconsciência etc...) e que faça por você mesmo. Apenas ler revogações de acordo não funcionará! Nos precisamos estar conscientemente engajados no processo usando a nossa força de vontade para que os nossos desejos se realizem.

Eu descobri que uma vez que a pessoa começa a revogar acordos, se torna mais fácil ir a fundo e encontrar mais deles. Esteja ciente de que muitas vezes os acordos são fragmentados, isso dificulta o processo. Por exemplo, podem haver acordos para ter relacionamentos amorosos difíceis, relacionamentos difíceis com os país, com os irmãos, com amigos, et. Todos esses casos são “camadas de acordo” que precisam ser especificados e removidas separadamente.

Potanto, não se preocupe sobre cuidar de cada acordo de uma vez. Dedique tempo e paciência, e trabalhe diariamente conforme for sentindo o que está te afetando. O processo listado abaixo é baseado no sistema de auto-limpeza (níveis 1 e 2), que é a estrutura do trabalho de limpeza de energia que eu faço.

- Estar no poder da soberania de seu Divino eu interiror. Expandir a luz do seu Eu Divino interior/ Superior a partir do seu coração e envolver seu corpo com uma esfera de energia soberana.

- Conecte-se ao núcleo da Terra, à Fonte Infinita e as forças da Divina Fonte de Luz.

- Peça um vácuo galático para remover tudo de ruim e devolver ao Núcleo Galáctico (se trata de uma nuvem de energia do núcleo galáctico que aspira tudo que deve ser retirado e transmutado).

- Chame todos os acordos relacionados com a "sentir-se como uma vítima" (ou qualquer outra coisa) nesta linha do tempo e todas as outras linhas de tempo no passado, presente e futuro, e em todas as dimensões, densidades, níveis, reinos e realidades.

- Chame todas as cláusulas de reintegração, cópias, back-ups, espelhos, cópias de segurança e etc. dos acordos.

- Afirme: "A partir da autoridade interna do meu eu soberano, declaro que todos estes acordos estão nulos. Revogo Todos estes acordos, bem como todas as cópias de segurança, as cláusulas de reintegração, duplicatas, back-ups, espelhos, etc de tudo anteriormente nomeado."

- Proclame: "Eu vou recuperar toda a minha energia que tem ido para esses acordos." Tais Como: as energias vitais, essências, fragmentos de alma, etc e recuperá-las para mim, reintegrá-las através do meu centro cardíaco.

- Comande: "Eu vou enviar todos esses acordos e todas as suas facetas, previamente nomeadas, para o vácuo galático e transmuta-los no Núcleo Galáctico".

- Invocar as "cópias de segurança" desses acordos e enviá-las para o vácuo galáctico para a transmutação. Estas são cópias dos acordos realizados por seres parasitas que drenam pequenas quantidades de sua energia por meio deles. Alguns desses seres pode pretender ser "senhores" do carma, a fim de exercer autoridade sobre você. Não acredite em qualquer de suas mentiras.

- Diga aos seres demiúrgicos: "Eu sou Soberano. Todos vocês são parasitas das cópias de segurança. Está aqui notificado que vocês estão PROIBIDOS de afetar minha energia. Se vocês tentarem violar a minha esfera de energia soberana, vou enviar-lhes com força para o núcleo galáctico e solicitar a transmutação. A transmutaçâo será a melhor coisa que já aconteceu com vocês, é possível que vocês não saiam, uma vez que não há mais nada dentro de vocês para salvar e transmutar. Vocês foram avisados! "

Declare: "Eu vou remover TODOS os imprints, implantes, sobreposições, crenças, percepções, atitudes, emoções, identidades, etc relacionados a esses contratos." Peça ao seu Eu Divino Interior para dirigir um vácuo Galatico em toda a sua mente inconsciente, a mente subconsciente, e por toda a sua esfera de consciência para remover todos esses componentes, e qualquer outra coisa relacionada a esses acordos.

Em seguida, expanda a luz do seu Ser soberano verdadeiro para preencher todas as áreas que você já eliminou. Isso permite que a verdade de quem você é realmente substitua as falsas construções que foram removidas.

Faça um comando para Restaurar o acordo original que você fez com a Fonte Infinita para encarnar neste reino conturbado e de carregarFonte de Luz em sua encarnação. Deixe o poder amoroso contido dentro desse acordo original dissolver quaisquer construções remanescentes relacionadas com os antigos acordos impostos artificialmente.

A parte mais importante de tudo é a sua vontade de fazer isso acontecer. Coloque um pouco de raiva, se você precisar, quando for revogar os acordos

Afirme “ eu sou soberano e ninguem tem permissão de sugar minha energia.” “eu sou soberano e nenhum ser tem o direito de infringir meu espeço soberano.”

O vácuo galático

Esta é uma ferramenta que eu uso diariamente na remoção de energias limitantes, para defender os meus limites de energia soberanos, bem como ajudar os clientes a fazerem o mesmo. Qualquer forma de pensamento, implante etérico ou ser sem alma colocado no vácuo é levado para o Núcleo Galáctico para ser transmutado em energia pura. Quaisquer seres com uma alma enviados para o Núcleo Galáctico ou são transmutados, limpos de sua escuridão e reabilitados ou dissolvidos em energia básica (destruídos).

Eu advirto uma vez esses seres que eles não tem premição para infringir minha energia soberana e que eles precisam parar ou eu vou usar a força defensiva e vou envia-los para o núcleo galático. A maioria deles farão um showzinho, e tentaram resistir ao comando. Quando percebo isso, eu recorro à fonte dos diversos vácuos galáticos e “limpo a casa”

Cerca de metade desses seres demiúrgicos parasitas podem ser resgatados e tranformadons novamente em seres sãos e produtivos do universo livre. Isso é realmente uma boa razão, considerando o quão longe em promover o medo, a insanidade, o controle, a escravidão,o abuso, a manipulação e destruição a hierarquia desses seres foram.

Lei Universal e Força Defensiva

Na maioria da doutrinas new age, é considerado "não espiritual" ou "involução" até mesmo a considerar o uso da força defensiva. Um pequeno adepto da nova era, aparentemente deveria deixar as pessoas e seres parasitas pisar em cima dele, roubá-lo, drenar a sua energia, manipular / implantá-lo, e prejudicá-lo de qualquer maneira que eles escolherem. Não só isso, mas ele também deve suprimir qualquer "emoçãso negativa" de modo que será, basicamente, "uma vítima feliz" de tais abusos. Este manipulador e enganoso "ensinamento", vem da falsa-luz, e nada poderia estar mais longe da verdade real.

A lei universal primeira é bem simples: Todos os seres são soberanos e tem livre arbítrio para expressar sua criatividade do jeito que quiserem, mas nenhum ser tem o direito de prejudicar outros seres.

O corolário dessa lei também é muito simples: Uma vez que todos os seres são soberanos, os mesmos tem o direito de se defender de atentados contra sua liberdade, usando para isso qualquer tipo de força necessária, até mesmo se isso signifique a destruição do ser que o prejudica.

Os escravizadores da hierarquia espiritual mentirosa se encontram num posição de clara violação da lei universal. Eles evitam a lei natural da atração, que reflete a ação de um ser de volta pra eles, coagindo e manipulando os outros seres em concordar em ser vitimados e escravizados, além de fazer com que os seres assuma a responsabilidade por seus crimes por meio de transferência cármica.

Muitas camadas de engano demiúrgicas se baseiam na GRANDE MENTIRA de que estamos separados da Fonte Infinita. Os seres da falsa-luz reforçam a mentira convencendo os seres que a Lei Universal não existe, que as pessoas não têm o direito inerente de legítima defesa, que devem se submeter a vontade dos merdas do karma", que devem adorar o demiurgo psicopata e seus seres "angelicais", a fim de serem autorizados a entrar no "reino de Deus" um dia.

A verdade é que nós nunca fomos separados da fonte infinita, pois se trata de uma impossibilidade metafísica. Um ser pode optar por ignorar a sua conexão, acreditar que não está lá, e até mesmo acreditar que eles cortaram essa conexão, mas a crença em uma mentira não a torna verdadeira, porque a Verdade não é relativa.

Por exemplo: imagine se um grupo de seres humanos decidiu “sair” da atmosfera pra respirar o ar a partir de um tanque de mergulho. Eles estão realmente separados da atmosfera? Não. Eles ainda existem na atmosfera, mesmo recorrendo a outra fonte para respirar.

No entanto, os seres demiúrgicos são plenamente comprometidos com a sua própria ilusão de separação da Fonte, e, portanto, devem encontrar uma fonte alternativa de energia, que eles “sugam” da humanidade na forma de culto, adoração, crenças, os contratos de contraparte, a sexualidade distorcida, decepção, confusão, apatia, luta, dor, sofrimento, ódio, morte, etc. 

A ÚLTIMA coisa que a hierarquia mentirosa quer é que a humanidade chegue a um entendimento da Lei Universal e compreenda o quão escravizada foi pelo engano. No instante em que declarar: "Eu sou Soberano e nenhum ser tem o direito de tirar a minha energia de mim", o jogo muda radicalmente. Ao saber que nós somos soberanas individualizações da Fonte, podemos exercer nossos direitos soberanos, incluindo o uso justo da força defensiva.

Certo e Errado

Outro ensinamento da falso-luz que infesta o movimento new age é que não existe certo e errado, que tudo é apenas uma experiência que está aí para nos ensinar uma lição. Embora seja verdade que podemos aprender lições valiosas de circunstâncias adversas, isso não significa que é necessário ou desejável ser repetidamente oprimido, manipulado, implantado, enganado, escravizado. A raça humana já está cansada de sofrer essas experiências.

Imagem: Errado é errado mesmo que todo mundo esteja fazendo isso. Certo é certo mesmo que só você esteja fazendo. 

Com o entendimento da Lei Universal, podemos observar que é totalmente errado prejudicar outro ser que não fez nada para nos prejudicar. Nós também podemos entender que trabalhar juntos e cooperar com os outros é a coisa certa a fazer. Estes conceitos simples devem ser respeitados para libertar nossas mentes da "lógica" distorcida dos ensinamentos new age que querem nos fazer crer que a incrível quantidade de sofrimento infligida sobre a humanidade é por sua culpa, além de ser uma maravilhosa experiência de aprendizagem, e por isso, não deve tomar qualquer ação para ajudar os outros a aliviar seu sofrimento.

Onde os escravos africanos estavam tendo maravilhosas experiências de aprendizado? E os servos medievais que por qualquer motivo banal corriam o risco de serem executados na frente do rei? Não, essas pessoas estavam claramente sendo escravizadas, o que é facilmente reconhecido como algo errado a se fazer.

Da mesma forma, a humanidade não está tendo uma maravilhosa experiência de aprendizagem por ser escravizada pela mentirosa hierarquia espiritual do demiurgo corrupto. Estamos, finalmente, aprendendo agora a declarar a nossa soberania e parar de ser escravos! Bem, muitos de nós estamos. :-)

Hierarquia

Uma das maiores raízes desses problemas mundiais e metafísicos é o conceito de hierarquia. em todo lugar que olhamos no mundo, nos temos (normalmente de cunho masculino) sistemas hierárquicos de organização. Hierarquia é um insidioso e enfraquecedor sistema de obediência e escravidão que nos PRECISAMOS transcender para começar a curar a nos mesmos e o nosso mundo. 

Da mesma forma, também temos de transcender hierarquias "espirituais" que promovem a escravidão, subserviência e obediência cega. O demiurgo corrupto e seus asseclas (falsos-anjos, falsos mestres ascensos, ETs, demônios, etc.) são a representação final da hierarquia degenerada que consome força vital e deixa apenas destruição em seu rastro.

Transcender a hierarquia metafísica é um processo de auto-libertação, auto-conhecimento é também exercer a nossa soberana vontade. Em primeiro lugar, temos de saber que somos totalmente conectados com a fonte divina de toda a criação. devemos reconhecer que não há nenhuma autoridade legítima fora de nós mesmos. Há apenas autoridade interna e auto-governação, que quando conduzida pelo entendimento da Lei Universal nos proíbe de instigar ações que possam causar danos a outros.

Auto governo e alinhamento com a lei universal é a base para uma sociedade livre. somente com essa base estabelecida nos poderemos evitar a armadilha do ego que quer externar a autoridade sobre os outros para controlar e regular o seu comportamento

Somente através do iluminado auto governo seremos capazes de construir um novo tipo de sociedade que é voltada para resolver problemas e ver as necessidades todos . Isso tem que ser um processo co-criativo em constante evolução.

Toda ideia precisa ser testada e aplicada onde houver abertura, através da participação voluntária de todos os indivíduos envolvidos, nisso consiste o processo de auto-organização não-hierárquica. Isso requer uma maneira inteiramente nova de pensar, organizar e agir, e todos os modelos antigos de centralização, autoridade e hierarquia precisam ser abandonados, porque, como já vimos, qualquer tentativa de impor um único "melhor sistema" para o mundo sempre resultará na opressão e irá falhar.

Temos dentro de nós o potencial para sermos LIVRES das amarras dos sistemas de hierarquia e autoridade externa. Precisamos trabalhar juntos e criar soluções para prover as necessidades básicas de alimentação, água, energia, habitação, vestuário, transporte e conhecimento para Todos no planeta. A Criação de sistemas de auto-geração para suportar todas essas necessidades é totalmente possível, mas somente se nós escolhermos cooperar como indivíduos soberanos que respeitam os direitos e limites dos outros.

Essa mudança no nosso mundo depende de todos nós sabermos que somos soberanos. Precisamos proclamar a nossa soberania, apagar nossa programação de achar que somos escravos, e depois de trabalhar em conjunto como indivíduos soberanos, visando capacitação máxima de todos no planeta.

Proclamando a Soberania

O processo de proclamação da soberania e a remoção da falsa programação que nos foi imposta leva tempo e esforço considerável. Nos temos que dizer diariamente: "eu sou soberano, eu sou livre!" Somente "EU" posso me governar! ( ou diga da forma que preferir, contanto que seja soberano de fato!).

Imagem: "Eu sou Soberano"

Nós também precisamos colocar no trabalho de auto-limpeza necessária para revogar todos os acordos que fizemos, consciente ou inconscientemente, as ordens a seguir: eu vou parar de dar o meu poder a autoridades externas, eu vou parar de experimentar o sofrimento e as limitações desnecessárias, eu vou parar de suportar encargos "kármicos" que não são meus, etc. Este não é um processo rápido. 

A hierarquia mentirosa NÃO respeita o livre arbítrio, limites saudáveis, ou o seu direito de dizer não a eles. Eles usam todo tipo de manipulação possível, coerção e força bruta pra conseguirem o que querem. Isso é o quão patriarcais os seres da hierarquia mentirosa são (note as similaridades nas palavras patriárquico e hierárquico). A energia agressiva, dominadora do patriarcado procura controlar todos os aspectos da existência de todos os seres, sugando e consumindo tudo o que puder.

Isso é representado fisicamente (embaixo) por governos corruptos hierarquicos, sociedades secretas e grandes corporações explorando as pessoas e o meio ambiente. É representado metafisicamente (em cima) pelo corrupto demiurgo e sua legião de escravos e escravistas, no qual os merdas do carma são apenas uma pequena divisão da estrutura de controle.

Por isso é tão importante lembrar esses "senhores" do karma e todos os demais parasitas demiúrgicos que você é SOBERANO, e estar disposto a utilizar o seu poder soberano para fazer essa afirmação. Eles não falam a linguagem do amor, então isso significa que precisamos usar um pouco de força, a fim de obter o nosso ponto de vista.

Assim é como eu vejo...


É difícil descobrir essas coisas, enfrentar os seres mais perversos do universo e dizer a eles que eu sou soberano e eu NÃO vou permitir que violem minha liberdade. ironicamente, de certa forma é ainda mais difícil compartilhar essas revelações publicamente.

Muitas pessoas são tão alienadas no paradigma dos "mestres ascensos, ets e anjos" que se sentem profundamente ofendidas e me atacam por trazer essas revelações para o público.

A essas pessoas eu digo: acreditem no que quiserem acreditar, mas eu vou continuar a trabalhar em saber a verdade, e tomar as ações necessárias para consertar o que está errado. consertar o que foi feito à humanidade PELOS SERES QUE VOCÊS ESTÃO DANDO O SEU PODER.

Eu escolho defender a verdade como um Ser soberano ao lado dos (não abaixo) outros seres soberanos do universo livre e tomar medidas para se opor a todas as formas de engano, o parasitismo e escravização.

Agradeço a todos que estão do nosso lado, e que vão tomar medidas com a gente.

Voltar à parte 1


FATOR QUÂNTICO

Seguindo as evidências, onde quer que elas nos levem.

Sobre o Autor

Escreva a descrição de administração aqui ..

© 2013 Fator Quântico. WP Theme-junkie converted by BloggerTheme9